Total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Tarefa 7.3

Dentro da proposta do Festival Regional Brasileiro, a tarefa era degustar pratos da culinária regional, receber convidados e oferecer souvenirs aos convidados. Nosso Festival ocorreu do dia 26 ao 28 de setembro.
Apresentamos os pratos que preparamos com carinho para a degustação.

Região Sul

Purê de Maçã

Carreteiro

Cuca
  



Região Norte
 

Bombom de Castanha do Pará
 
Caxiri
 Região Nordeste
 
Camarão Sergipano
Pintado ao Escabeche
Bolinho de Peixe
Cassoulet
Região Sudeste 

Tortei
Vaca Atolada
Aipim Frito
Centro-Oeste

Carne Assada
Os pratos dispostos para a desgustação:


Os pratos dispostos
 Nossos convidados foram os membros da Comissão Organizadora do Seminário da Rede Ilhas, atividade anual da Rede Integrada de Proteção à Criança e ao Adolescente, da qual a escola faz parte, além dos líderes comunitários,  os serviços locais oferecidos. As fotos repetem alguns membros, mas tentamos registrar todos os convidados.
A escola ofereceu o almoço para a Comissão Organizadora do Seminário de Rede, que ocorreu no dia 26 de setembro. O Festival seguiu nos dias 27 e 28 com a degustação das crianças.
Pela ordem: Rosa, Assistente Social do Centro Social Marista; Mariana, Psicóloga dos Postos de Saúde da Ilha da Pintada e da Ilha Grande dos Marinheiros; Enfermeira do Posto de Saúde da Ilha Grande dos Marinheiros; Paula, Assistente Social do CRAS Ilhas; Marcela, estagiária do PIM/PIÁ









Pela ordem: Marilu, Assistente Social, Coordenadora do CRAS Ilhas; Samuel, Educador Social do Ação Rua; e Beatriz, Coordenadora da Rede de Atendimento do Arquipélago, representante da AfroSol e líder comunitária




Os convidados recebendo os souvenirs

Os convidados recebendo os souvenirs

Os convidados recebendo os souvenirs

Os convidados recebendo os souvenirs
Quero deixar registrado aqui nosso agradecimento à nossa Equipe de Nutrição que nos brindou com um maravilhoso Festival pela Culinária Regional do Brasil.


 









 



 


 







 


 


 





Gincana Solidária: tarefa 7.2

Nesta tarefa, era necessário organizar uma encenação ou um apresentação de canção integrando várias regiões com as crianças em sua caracterização. 
Nós organizamos uma canção a partir de uma música conhecida: "Balança Brasil", cantando o refrão e intercalando falas das crianças.
Nossos parabéns às crianças e às educadoras Fabiane e Daiane, que muito ensaiaram e pesquisaram para que tivessémos esse belo vídeo.
Balança Brasil
Adoro te ver contente
Balança Brasil
O sonho de tanta gente
Balança Brasil
Sacode esse meu país
Pra gente se ver feliz

No Sul tem chimarrão

Balança Brasil
Adoro te ver contente
Balança Brasil
O sonho de tanta gente
Balança Brasil
Sacode esse meu país
Pra gente se ver feliz

No Centro-Oeste tem o Pantanal

Balança Brasil
Adoro te ver contente
Balança Brasil
O sonho de tanta gente
Balança Brasil
Sacode esse meu país
Pra gente se ver feliz

No Nordeste tem frevo

Balança Brasil
Adoro te ver contente
Balança Brasil
O sonho de tanta gente
Balança Brasil
Sacode esse meu país
Pra gente se ver feliz

No Norte tem a Floresta Amazônica

Balança Brasil
Adoro te ver contente
Balança Brasil
O sonho de tanta gente
Balança Brasil
Sacode esse meu país
Pra gente se ver feliz

No Sudeste tem o Cristo Redentor

Vamos ver as crianças dançando.

video

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Gincana Solidária: tarefa 7.1

A proposta da tarefa 7 era organizar um Festival Regional Brasileiro, com danças típicas das regiões brasileiras, Feira Culinária Regional e miniaturas de artigos tipicos de cada região brasileira.
Nesta parte da tarefa, era preciso apresentar danças típicas das regiões brasileiras acompanhadas dos seus ritmos, mostrando a caracterização. Acompanham pequenas sínteses dos ritmos.
As educadoras e as crianças estão de parabéns, foram muitos ensaios e o resultado está muito bom!

Região Sul

Maçanico: dança catarinense, das lagoas do Imaruí, nasceu para homenagear a batuíra, pesca-em-pé, ou maçarico, pássaro migratório que passa os verões no Sul do Brasil. Sua corridinha para lá e para cá, à beira da lagoa, tentando pescar, inspirou alguns passos da dança.

video



Pezinho: a dança tem origem portuguesa, mas é muito praticada na região Sul. A coreografia se altera entre passos ritmados pelos pés e as duplas rodam em torno de si.

video

Região Sudeste



Mineiro Pau: dança da região Sudeste executada por homens, levando um ou dois bastões de madeira. Os dançarinos voltados de frente para o seu par, realizam uma coreografia totalmente marcada pelas batidas dos bastões no chão.


video



Caxambu: dança de terreiro da região Sudeste, executadas por homens e mulheres postos em roda. No centro fica o solista, o qual “puxa” os cantos e improvisa movimentos constituídos de saltos, giros, passos miúdos e balanceios.


video

Região Centro-Oeste



Vilão: dança da região Centro-oeste que utiliza longos bastões de madeira. Os dançarinos dão batidas nos bastões do parceiro ao ritmo da marcação do apito do regente e da execução musical da banda. Há uma série de movimentos que compreendem giros de corpo e volteio dos bastões.

video


Polca de carão: é uma dança de salão da região Centro-oeste, que tem uma brincadeira inserida no contexto. O dançarino deve levar um carão, ou seja, ser esnobado pelo seu par.


video

 Região Nordeste


Ciranda: dança da região Nordeste, na qual os dançarinos formam uma roda e dão passos pra dentro e pra fora do círculo, provocando um deslocamento no sentido anti horário.

video

Maculelê: dança da região Nordeste que reproduz um bailado guerreiro desenvolvido por homens. Os participantes usam bastões de madeira, os quais são batidos uns nos outros. Essas pancadas presidem toda a dança, funcionando como marcadores do pulso musical.
 
video


Região Norte


Carimbó: dança da região Norte, formada por homens e mulheres. As mulheres usam saias amplas, girando a veste. O nome da dança deriva de um do nome de um tambor africano.

video


Marujada: dança da região norte em homenagem a São Benedito. Os homens e mulheres que participam recebem o nome de marujo e maruja. Eles bailam reproduzindo o gesto de um barco na água.

video


Gincana Solidária: Tarefa 7.5

Continuando a pesquisa pelas festas regionais brasileiras, nesta tarefa era preciso elaborar um calendário com até 3 festas regionais em cada mês.
A equipe confeccionou um calendário tipo mural ilustrado pelas crianças com o tema de uma das festas do mês.
Seguem as fotos do trabalho:






 

 









 Agora seguem algumas fotos das crianças fazendo as ilustrações: